Serviços

Alinhamento

Alinhamento de direção é o ajuste da posição das rodas na suspensão para garantir conforto, segurança e estabilidade ao dirigir, evitando que o veículo puxe a direção para um dos lados, e que haja desgaste irregular ou prematuro dos pneus. Os ângulos são desregulados toda vez que há choques com guias, quedas em buracos, ou lombadas em altas velocidades, dessa forma é recomendável a verificação do alinhamento de rodas, sendo os ajustes feitos sempre de acordo com a determinação do fabricante do veículo.

Balanceamento

O desequilíbrio das rodas e pneus é o principal causador de vibrações no volante, e o veículo como um todo, depende da grandeza do desequilíbrio do conjunto. Isto é causado pelo fato que o pneu nunca tem uma distribuição de borrachas uniforme em sua circunferência bem como a roda também não tem uma distribuição uniforme, sendo assim o balanceamento é que compensa através de contra pesos (chumbo na roda) o equilíbrio do conjunto em rotação, evitando o desconforto das vibrações e desgaste prematuro dos pneus e componentes da suspensão.

Freios

O sistema de freios, é um dos elementos mais importantes na mecânica dos automóveis, pois trata-se de um componente de segurança. São projetados, desenhados e dimensionados, com o objetivo de manter a capacidade de desaceleração do veículo consideravelmente maior que sua capacidade de aceleração.

Composto por um disco ou por um tambor, ou ainda pelos dois, o sistema cumpre sua função pressionando as peças contra a roda, impedindo o movimento da mesma. O primeiro sistema é composto por duas pastilhas, que prendem um disco que acompanha o movimento da roda, enquanto o segundo, através de uma pressão aplicada por lonas colocadas dentro do tambor, faz com que a roda pare. A maior parte dos carros desenvolvidos atualmente possui um sistema misto, composto por dois discos, à frente, e dois tambores atrás. Alguns possuem discos nas quatro rodas, o que aumenta significativamente a estabilidade na frenagem. Um dos principais fatores que ajudam a uma melhor performance dos freios é a utilização de um fluído de lubrificação adequado e a correta manutenção dos discos, pastilhas, lonas e tambores.

O tambor é uma das partes do sistema, responsável pela dissipação por energia térmica, gerada durante a frenagem. A correta dissipação da energia permite que o sistema não sofra sobreaquecimento e melhora a sua capacidade de realizar tal transformação.

Escapamentos

O sistema de freios, é um dos elementos mais importantes na mecânica dos automóveis, pois trata-se de um componente de segurança. São projetados, desenhados e dimensionados, com o objetivo de manter a capacidade de desaceleração do veículo consideravelmente maior que sua capacidade de aceleração.

Composto por um disco ou por um tambor, ou ainda pelos dois, o sistema cumpre sua função pressionando as peças contra a roda, impedindo o movimento da mesma. O primeiro sistema é composto por duas pastilhas, que prendem um disco que acompanha o movimento da roda, enquanto o segundo, através de uma pressão aplicada por lonas colocadas dentro do tambor, faz com que a roda pare. A maior parte dos carros desenvolvidos atualmente possui um sistema misto, composto por dois discos, à frente, e dois tambores atrás. Alguns possuem discos nas quatro rodas, o que aumenta significativamente a estabilidade na frenagem. Um dos principais fatores que ajudam a uma melhor performance dos freios é a utilização de um fluído de lubrificação adequado e a correta manutenção dos discos, pastilhas, lonas e tambores.

O tambor é uma das partes do sistema, responsável pela dissipação por energia térmica, gerada durante a frenagem. A correta dissipação da energia permite que o sistema não sofra sobreaquecimento e melhora a sua capacidade de realizar tal transformação.

Inspeção Veicular

O que é a inspeção?

O Programa de Inspeção Veicular Ambiental é uma medida que visa minimizar as emissões de poluentes pelos veículos registrados na cidade, buscando estimular seus proprietários a fazerem a manutenção adequada e manter as emissões de seus veículos dentro dos padrões recomendados pelo Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA).

É, acima de tudo, um programa de saúde pública.

O tambor é uma das partes do sistema, responsável pela dissipação por energia térmica, gerada durante a frenagem. A correta dissipação da energia permite que o sistema não sofra sobreaquecimento e melhora a sua capacidade de realizar tal transformação.

Quem deve fazer a inspeção?

O Programa de Inspeção Veicular Ambiental vem sendo implantado pela Prefeitura gradativamente.

Em 2008 começou com a inspeção de toda a frota a diesel. Em 2009 passarão pela inspeção todos os veículos diesel, todas as motos e também os carros movidos a álcool, gás ou gasolina registrados no Detran entre 2003 e 2008. A Inspeção deve ser realizada de acordo com o final da placa dos veículos.

Como é feita a inspeção?

A inspeção visual é feita por um inspetor treinado, que verifica se o motor do veículo está regulado, se há emissão visível de fumaça, vazamentos aparentes e/ou alteração no sistema de escapamento.

Se for constatada alguma irregularidade, o veículo é rejeitado (termo técnico), não passando pelo segundo procedimento. Nesse caso, o proprietário recebe um laudo indicando as irregularidades encontradas, devendo procurar uma oficina de sua confiança para efetuar a manutenção. O prazo para retorno com carro regulado é de 30 dias.

Passando pelo teste visual, o veículo vai para a medição automatizada, controlada por computador. É feita a medição do nível de ruído, o nível de emissão de monóxido de carbono e de hidrocarbonetos, a diluição (percentual de CO e Co2) e a velocidade angular do motor (rotação em marcha lenta).

Se o veículo for reprovado, seu proprietário receberá um laudo apontando as prováveis causas da reprovação, e deverá procurar sua oficina de confiança para efetuar as regulagens necessárias. O prazo para retorno é também 30 dias.

Os veículos aprovados recebem um certificado e um selo para ser colado no vidro dianteiro.